Saltar para: Posts [1], Pesquisa [2]

O Melhor Blog do Mundo

Porque as coisas boas da vida têm mais sabor quando são partilhadas...

Roteiro Cultural | Fonte Monumental da Alameda

31.03.15 | Os bloggers

Imponente, majestosa, deslumbrante, airosa e fresca...

Quem é ela? A Fonte Monumental da Alameda, mais conhecida por Fonte Luminosa.

DSC05855.jpgVista do topo da Fonte Luminosa

 

É um marco da cidade de Lisboa, localiza-se na Alameda Dom Afonso Henriques, tendo sido inaugurada em 1948.

Foi construída para celebrar o abastecimento regular de água à zona oriental de Lisboa, com base num projeto do arquiteto Carlos Rebelo de Andrade.

A Fonte tem como figura principal um Tritão montado num cavalo, ladeado por quatro tágides da autoria de Diogo de Macedo e 13 nereides em alto-relevo, de Maximiano Alves.

DSC05846.jpg

Aliado à imponência da construção pode contemplar diariamente os jogos de água (das 12 às 15h e das 18 às 23h) e a magia da luz sob a àgua (15 minutos após o crepúsculo solar).

Mas não é tudo, desde há um par de anos, que aos Sábados a Fonte tem as suas portas abertas para mostrar nas galerias interiores, o equipamento de bombagem e algumas peças originais, entretanto desactivadas.

 

DSC05838.jpg

 

DSC05839.jpg

As visitas são gratuitas e realizam-se todos os sábados, das 15 às 17 horas, com entrada pelo Torreão Sul.

Apesar de bela, parece-nos sub-aproveitada. O espaço é excelente e poderia ter o potencial turístico da Font de Montjuïc (Barcelona), se lhe aplicássemos mais luz e alguma melodia, dando-lhe vida e tornando-a mágica!

DSC05892.jpgJogos de água e luz

 

 

Roteiro Foodie | Frankie Hot Dogs - O cachorro re-inventado

30.03.15 | Os bloggers

Sábado à noite... Acusávamos o acumular do cansaço semanal e da longa caminhada efectuada durante a tarde...

Mas Sábado que é Sábado, apetece arejar um bocadinho à noite... Queríamos ir jantar fora, a um sítio diferente, pouco complexo e baratinho... Eis que nos pusemos a fazer uma rápida investigação e descobrimos o Frankie Hot Dogs... Ora nem mais, lá fomos nós!

IMG_20150328_214155-2.jpgO Frankie Hot Dogs abriu em Lisboa há pouco mais de um mês, no Campo Grande, mesmo em plena Cidade Universitária, junto ao Colégio Moderno, na Rua Dr. João Soares.

O espaço é simpático e acolhedor, com uma decoração moderna e confortável. Olhando para o pátio interior podemos apreciar uma fantástica esplanada, que nos faz sonhar com noites quentinhas ao ar livre!

 

O Frankie tem o ar das novas hamburguerias da nossa praça, mas aqui comem-se salsinhas (e das boas)!

Cachorros perguntam vocês? Pois, nós também não somos os maiores amantes do mundo da salsicharia... Mas felizmente tivemos um rasgo de bom senso que nos levou até este espaço, de que ficámos fãs e recomendamos vivamente!

O espaço é giro, os funcionários simpáticos e a comida muito apelativa e saborosa.

Existem 10 hot-dogs à escolha. As salsichas, alemãs ou portugueses, podem surgir acompanhadas de ovo, cogumelos, bacon... Todos os ingredientes são orquestrados de uma forma especial!

 FK.JPGO Tuga

 

As batatas também são óptimas! Pode escolher entre as batatas fritas simples ou as batatas fritas com queijo e bacon. Para a "desgraça" nao ser total, pode optar por acompanhar o seu cachorro com um salada.

IMG_20150328_210930-2.jpg O picante ChimiChurri

 

Para beber recomendamos a limonada de limão ou a versão de morango, bem como o chá do dia.

E não pode deixar de provar uma das sobremesas do dia! Será mesmo um crime se não o fizer! Desde o cheese-cake, à delícia de maçã, até ao salame de chocolate desfeito, é tudo óptimo!

IMG_20150328_213446-2.jpgA sobremesa Delícia de Maçã, é mesmo uma delícia!

 

A melhor parte, toda esta maravilha fica a cerca de 7 euros por pessoa!

Corra já para lá! Este é sem dúvida um conceito novo e estamos muito provavelmente perante os melhores hot-dogs de Portugal e arredores!

 

 

Facebook oficial: https://www.facebook.com/hotdogsfrankie

 

 

Cama Emprestada | Aqualuz Tróia Resort

29.03.15 | Os bloggers

Tempo a aquecer, dia longos, Sol, praia, mar, gargalhadas, sorrisos... Quem é que não gosta?

E que tal um saltinho a Tróia?

 

A Península de Tróia, que separa o Atlântico do Estuário do Sado, é um autêntico paraíso neste nosso Portugal. Praias de extenso areal, águas límpidas, a Arrábida e Setúbal ao fundo, ecossistema único, hóteis simpáticos, a pacatez que se quer para as férias... Tudo num único local, bem perto de Lisboa.

 

Em Setúbal é possível apanhar o ferry-boat ou o catamaran que atravessa o Estuário do Sado e chegar ao complexo turístico de Tróia, com um pouco de sorte a sua viagem poderá ser abrilhatanda pelos famosos golfinhos do Sado. Se preferir pode também chegar a Tróia através da auto-estrada A2, saíndo em Grândola e seguindo as indicações até Tróia.

 

IMG_20141018_173400-2.jpg

 

IMG_20141018_173411-2.jpg

A viagem de ferry tem uma vista fantástica

 

Chegado ao centro de Tróia, pode encontrar vários hóteis simpáticos e capazes de lhe garantir uma agradável estadia.

Nós passámos um excelente fim-de-semana no Aqualuz Tróia Resort - Suite Hotel e Apartamentos, que recomendamos vivamente!

 

IMG_20141017_205820-2.jpg

 

IMG_20141017_204641-2.jpg

 

De frente para o Atlântico e para a Arrábida este hotel de 4 estrelas oferece uma vista invejável e só por si terapêutica. O hotel é constituído por moderno edifício alto, com suites e estúdios, para uma ou duas pessoas e também familiares. Os quartos são bastantes confortáveis e espaçosos, com varandas apelativas para desfrutar da paisagem. Se desejar pode cozinhar nos estúdios, pois estão totalmente equipados. Os funcionários são simpáticos e o pequeno-almoço, sem ser espectacular, é bastante bom.

 

IMG_20141017_210235-2.jpg

 

IMG_20141018_144636-2.jpg

O Aqualuz tem também à sua disposição restaurante, piscinas (exterior e interior), spa, campos de ténis, comodidades de golfe nas proximidades, sala de conferências e parque privado de estacionamento.

Pode fazer a sua reserva a partir de cerca de 115 euros.

 

Se apesar do Sol, o tempo ainda não permitir longas estadias no areal a aproveitar o calor, pode sempre optar por passeios nas passadeiras da praia, entre as dunas, desfrutar de um passeio junto à marina ou, num registo mais cultural, visitar as Ruínas Romanas de Tróia - que são o maior complexo de produção de salgas de peixe conhecido no mundo romano, que foi construído na primeira metade do século I e se desenvolveu até ao século VI.

 

IMG_20141018_145006-2.jpg

 

IMG_20141018_145814-2.jpg

Quando falamos em pacatez, falamos mesmo em pacatez... Ou seja, se não estivermos em pleno Verão, é improvável que encontre um simples supermercado aberto, por isso recomendamos que leve tudo o que preveja vir a precisar.

Vá até Tróia para recuperar energias, não se vai arrepender!

 IMG_20141018_094706-2.jpgVista da varanda

 

Ferry-boat / catamaran para Setúbal / Tróia: http://www.atlanticferries.pt

Hotel Aqualuz Tróia Resort: http://www.aqualuztroia.com

Ruínas Romanas de Tróia: http://www.troiaresort.pt/pt/troia-ruinas/o-que-sao/monumento/

 

 

Gelados Divinais | A Artisani vai crescer (Actualizado: já abriu!)

27.03.15 | Os bloggers

aqui vos contámos que somos super fãs da Artisani!

Os deliciosos gelados da Artisani são feitos com Água do Luso e Leite Vigor, que dão seguramente um genuíno sabor Português à melhor receita de gelado artesanal italiano.

2012-05-13 17.51.02-2.jpg

 

Para felicidade global a Artisani vai abrir um novo espaço em Lisboa, para se juntar à Artisani da Estrela, Docas, Carcavelos e Cascais.

 

Desta feita, a nova loja vai nascer em Telheiras, na Rua Professor Francisco Gentil, já em Abril (contagem decrescente!). Telheiras vai assim ficar mais fresca e doce!

Mas não é tudo, o quiosque Artisani do Campo Pequeno, vai mudar-se para o Tivoli Fórum na Avenida da Liberdade, que fica assim mais rica!

Cada vez tem menos desculpas para se deliciar com um dos melhores gelados do mundo!

 

Morada de Telheiras: 

Rua Prof. Francisco Gentil, Edifício E1, loja N.º 2 J, Telheiras

Lisboa

 

Horário:

Domingo a Quinta-feira: 12h às 21h

Sexta: 12h às 22h

Sábado: 12h às 22h

 

Facebook: https://www.facebook.com/pages/Geladaria-Artisani/96950422546?fref=ts

Website: http://www.artisanigelado.com/

 

Roteiro Doce | Fãs de Nutella, chegou a vez de Coimbra!

25.03.15 | Os bloggers

Alerta guloso para mais 3 zonas do país!!!

Alerta gastronómico vermelho!!!

Vai mesmo acontecer!!!

1904098_1575814529323772_669786490119126832_n.jpg

Uma alegria nunca vem só (sim, alegria, pura felicidade adocicada!)... Depois da novidade de que íria abrir (já abriu!) a Nut’Chiado, em Lisboa, após a primogénita Nut'Leiria, sabemos agora que a 25 de Abril vai abrir mais um espaço dedicado à Nutella em Coimbra, na Praça da República e com direito a esplanada! Em Maio irá ocorrer a abertura de duas novas lojas em Aveiro e no Porto.

 

Se é fã incondicional de Nutella estes espaços são mesmo para si!

Por Nutella corria-se país inteiro, mas podendo ter uma Nutteleria perto de casa, tanto melhor! Tem ao seu dispôr muffins de Nutella com recheio de Nutella, croissants com Nutella, crepes, waffles, panquecas, bolas de Berlim recheadas com Nutella e o ChocoKebab. Há um sem fim de iguarias, para degustar e depois ir literalmente a rebolar até ao seu sofá... E voltar... E rebolar!

Não se desgrace! Isto é pura tentação!

Mas não há como resistir, certo? Nós também não vamos (nem queremos) resistir!

 

Morada de Coimbra: Praça do Comércio, Coimbra

 

Actualizando esta doce novidade, já se sabe o local da loja de Aveiro, será no Cais da Fonte Nova, edifício Lake e abrirá ao público na terça-feira dia 12 de Maio.

 

 

Facebook: https://www.facebook.com/nut.portugal

 

(Foto retirada do Facebook)

 

 

Cama Emprestada | Cerca Design House

23.03.15 | Os bloggers

Há um novo recanto de sonho às portas da Serra da Estrela!

Ainda estamos nós a suspirar com saudades dos dias passados no H2otel Congress & Medical Spa e descobrimos que abriu esta nova maravilha entre a Serra da Estrela e da Gardunha!

Chama-se Cerca Design House, é um novo hotel de charme, no concelho do Fundão, a 15 Km da Serra da Estrela e abriu portas ao público no último Sábado.

1513676_1421132231531101_8751711488432000066_n.jpg

O Hotel nasceu num antigo solar do secúlo XVII, cuja remodelação resultou num espaço com design contemporâneo e exclusivo, num ambiente único e requintado, com 10 quartos à disposição - 7 quartos Natura, 2 quartos Natura Superior e 1 quarto Pedra Superior.

 

11043211_1409436406034017_5527583481936543421_n.jpNo espaço tem também ao seu dispôr um Bar & Lounge, Pátio com Esplanada, Spa com Jacuzzi e Massagens e Piscina Exterior.

 

10258126_1409454706032187_1503077174843357718_n.jp

 

11010520_1409454666032191_3179762133413296009_n.jp

 Os preços oscilam entre os 85 e os 150 euros, consoante o tipo de quarto e a época do ano.

A descrição e fotografias do local são muito promissoras!

Já estamos de malas feitas!!! E vocês?

 

Site: http://www.cercadesignhouse.com/

Facebook: https://www.facebook.com/cercadesignhouse

 

(imagens retiradas do facebook oficial)

Roteiro Doce | Pampilhos

22.03.15 | Os bloggers

Hoje vamos voltar aos doces!

A iguaria de hoje leva-nos até ao Ribatejo, mais propriamente até Santarém.

Pampilhos, assim se chama a maravilha gastronómica de que vamos falar hoje!

Os Pampilhos são o doce típico da cidade de Santarém. Foram originalmente criados em jeito de homenagem aos campinos do Ribatejo, que usam uma vara, denominada precisamente por pampilho.

Têm um formato rectangular, uma cor amarela tostadinha e, como toda a boa doçaria deste nosso Portugal, a massa esconde um recheio à base de doce de ovos e canela. DI-VI-NAL!

 

Pampilho.JPG

 

Fica a dica, se for para os lados de Santarém, não deixe de passar numa das muitas pastelarias da cidade, para provar um Pampilho! Os Pampilhos da Bijou (junto ao Largo do Seminário), modelitos da foto, são óptimos!

A Primavera e o Eclipse

20.03.15 | Os bloggers

Pois é, começa hoje a Primavera e por cá ficará até ao próximo solstício de verão, que ocorre a 21 de Junho.

Tempo farrusco, mas não está propriamente frio... É a Primavera ainda envergonhada!

Mas não é tudo, a Primavera trouxe um eclipse (ou o eclipe trouxe a Primavera)... O dia acordou diferente, com os Portugueses a olharem de soslaio para o Sol (mas sem deixar de olhar), não fossem ocorrer danos visuais.

O eclipse parcial do Sol, que foi total na região do Ártico e no extremo norte do Atlântico, ocorreu hoje em Portugal entre as 8 e as 10 horas, com o pico a ocorrer pelas 9 horas.

O eclipse solar ocorre quando o Sol, a Terra e a Lua, na fase de Lua Nova, estão alinhados. A Lua interpõe-se a Terra e o Sol, tapando total ou parcialmente a luz solar. Este fenómeno ocorre aproximadamente a cada 18 anos. Por isso, se hoje perdeu o eclipse, daqui a 18 anos há mais!

Fica uma foto do seu ponto máximo!

 

DSC05782-2.jpg Eclipse parcial do Sol no seu ponto máximo (Carcavelos, Lisboa)

 

Bom fim de semana :)

 

Roteiro Cultural | Palácio dos Marqueses de Fronteira

19.03.15 | Os bloggers

Ainda há segredos escondidos, mas cada vez menos bem guardados, aqui bem perto de nós...

E se lhe contassemos que no Largo de São Domingos de Benfica, a caminho de Monsanto, há um Palácio do século XVII, à beira da estrada, imponente, com um belo jardim, ainda habitado, mas que pode visitar... Acreditava? Pode acreditar, nós estivemos lá e queremos partilhar a experiência, porque é um recanto mágico, deste nosso Portugal, que deve mesmo visitar!

DSC05059-2.jpg

Chama-se Palácio dos Marqueses de Fronteira e é considerado um dos melhores exemplos da arquitetura palaciana do século XVII. Foi mandado construir pelo 1º Marquês de Fronteira, D. João de Mascarenhas, e inaugurado por D. Pedro em 1675.

O terramoto de 1755 foi responsável pela destruição da residência principal dos Marqueses de Fronteira no Chiado, pelo que o Palácio foi alvo de ampliação, tornando-se por essa altura residência principal da família, que ainda hoje nele habita.

Assim, o Palácio é constituído por um corpo principal do século XVII ao qual foi acrescentada uma ala no século XVIII. O Palácio pode ser parcialmente visitado, ficando excluído o espaço onde reside o actual 13º Marquês de Fronteira e a família. As visitas são sempre guiadas, por simpáticos funcionários da Fundação das Casas de Fronteira e de Alorna, que entusiasticamente nos contam a história do local. Passamos por salas cheias de história, com azulejos que mostram relatos da história da família, que se cruza com a história de Portugal. Destaca-se a Biblioteca, a Sala das Batalhas e a Sala de Jantar.

Envolvendo o Palácio, sobressaí um magnífico terraço, uma pequena e harmoniosa capela, a Casa do Fresco e os fantásticos jardins, ao qual não falta um lago com cisnes. Curiosidade, a louça da inauguração do Palácio foi toda partidinha e adorna as paredes do Terraço, junto à capela. Sim, ninguém mais podia utilizar o mesmo serviço utlizado pela família real!


DSC05088-2.jpg

 

DSC05112-2.jpgPodem ver-se pedaços da louça

 

Vamos para os exteriores, existem duas áreas de jardim:

- O Jardim de Vénus - o mais pequeno, num plano superior e que acompanha o Terraço do Palácio. Este jardim culmina com um recanto constituído pelo Tanque dos Ss e Casa da Água ou Casa do Fresco, numa zona que dá acesso directo ao Terraço do Palácio e à Capela.

DSC05142-2.jpgTanque dos S's

 

- O Jardim Formal - o maior e com influências francesas e italianas, é limitado a Sul pelo conjunto formado pelo Tanque dos Cavaleiros e Galeria dos Reis. No Tanque dos Cavaleiros podem-se admirar dois belos e temperamentais cisnes, tirados de um qualquer filme clássico. A Galeria dos Reis surge num plano superior, com um varandim para o lago e tem estátuas dos Reis de Portugal. Por todo o mural que limita o Jardim podemos admirar azulejos com pinturas que ilustram os meses do ano, os quatro elementos e os signos do zodíaco.

 

DSC05173-2.jpg Elemento Fogo por Paula Rego

 

DSC05177-2.jpgO Signo Carneiro

 

Os Jardins são muito bonitos e oferecem um passeio irrecusável. Apesar de estarmos praticamente no centro de Lisboa, somos imediatamente transportados para outro tempo e local. Não fossem os prédios no horizonte e os aviões insistentemente a passar ninguém diria onde estávamos.

A fama destes jardins é conhecida além fronteiras. Há poucos dias o The Gardener’s Garden, da Phaidon Press, publicou a lista dos 250 melhores jardins do mundo. Figuram neste grupo 5 jardins portugueses, ao lado de locais emblemáticos como o Taj Mahal ou os Jardins de Versalhes, e o Jardim do Palácio dos Marqueses de Fronteira surge orgulhosamente nesta lista.

 

 

DSC05158-2.jpg

 

DSC05166-2.jpg

 

Os bilhetes são comprados no local e as visitas são sempre guiadas. Os horários das visitas são 10h30m, 11h00, 11h30 e 12h00 (Junho a Setembro) ou 11h00 e 12h00 (Outubro a Maio). O Palácio encerra ao público aos Domingos e feriados. Pode optar por visitar o Palácio e os Jardins pelo preço de 7,5€ ou apenas os Jardins por 3€.

 

Site oficial: http://www.fronteira-alorna.pt/

 

 

Roteiro doce | Fãs de Nutella, o Chiado vai ficar mais doce!

18.03.15 | Os bloggers

É um fã incondicional de Nutella? Este post é mesmo para si e tem uma excelente notícia! 

No dia 22 de Março, próximo domingo, abre portas a Nut’Chiado. Como o nome dá logo a entender, é um espaço dedicado ao delicioso creme de chocolate e avelã Nutella e vai ser possível visitá-lo no Chiado, Lisboa.

nutelleria4.gif

O primeiro espaço deste género abriu em Leiria pelas mãos de Sérgio Santos com o nome de Nutelleria (em Fevereiro mudou para Nut'Leiria) e tem sido um verdadeiro sucesso gerando verdadeiras "peregrinações" à cidade para provar as iguarias com Nutella. 

 

O espaço no Chiado terá mais lugares do que os 15 disponíveis na loja de Leiria e será muito semelhante, mas as especialidades terão o mesmo sabor e qualidade a que os clientes que já conhecem estão habituados e que irão deliciar os Lisboetas e turistas.

 

Para abrir o apetite, entre outras especialidades, as que se destacam são os muffins de Nutella com recheio de Nutella, croissants com Nutella, crepes, waffles, panquecas, bolas de Berlim recheadas com Nutella e claro, a especialidade que eleva os níveis de açúcar no sangue ao máximo, o ChocoKebab. Este último é feito com uma massa especial com sabor a baunilha, depois é barrado com Nutella e ainda leva mais uma bola de gelado com o mesmo sabor! Se preferir deliciar-se com a Nutella em casa, poderá também comprar os potes que vão desde as 350 gramas até aos 3 kg para os mais gulosos.

Se os preços se mantiverem, podemos provar os "Churrinhos com Nutella" por apenas 2,5€ ou uma Waffle barrada com Nutella por apenas 1€.

Se não pode ir ao espaço de Leiria ou ao novo de Lisboa, não desespere, em breve abrirá no Porto e segundo o detentor do conceito em Portugal, estão em projecto outros 2 espaços (Coimbra (já abriu) e Aveiro (local e data de abertura)).

Ficaram curiosos? Nós ficámos muito e vamos experimentar de certeza!

 

Morada: Calçada do Sacramento Nº. 20, Lisboa (Chiado)

Facebook: https://www.facebook.com/nut.portugal

 

 

 

Roteiro Foodie | Peixe em Lisboa 2015

17.03.15 | Os bloggers

Neste pequeno país à beira mar plantado, mas com um território marítimo de fazer inveja a muitos... Um bom peixinho sabe sempre bem!

Sendo assim, aqui fica uma sugestão, que nós também não vamos querer perder!

peixe.jpg

De 9 a 19 de Abril realiza-se a 8ª edição do Peixe em Lisboa, no Pátio da Galé - Terreiro do Paço. Registe já na agenda, não vai querer perder este evento por nada!

Para além de poder provar apetitosas refeições de peixe e marisco do mar português, confeccionado por ilustres restaurantes e chefes, pode ainda assistir a aulas e demonstrações de cozinha. Será um dois em um, provará deliciosos manjares e ainda aprende truques e dicas para poder reproduzir tais iguarias no seu laboratório privado (leia-se, cozinha)!

 

Reputados restaurantes estarão em funcionamento permanente no Peixe em Lisboa, com degustações de peixes e mariscos, das 12h às 24h. Cada restaurante apresenta um menu com degustações de 4€ a 12€. Dos restaurantes / Chefes aderentes destacamos: Arola By Penha Longa, José Avillez, Kiko Martins, Las Ficheras, O Nobre, Pap'Açorda, Ribamar, Sushi Café, Taberna da Rua das Flores e Chefe Vítor Sobral.

 

Como não há duas sem três, também terá disponível um mercadinho gourmet, com dezenas de expositores, onde poderá adquirir vários produtos - conservas, chocolates, doçaria típica, azeites, vinhos e utensílios de cozinha.

E para adoçar, como já é tradição, o Peixe em Lisboa volta a eleger "O Melhor Pastel de Nata". As pastelarias que desejem concorrer podem candidatar-se até dia 26 de Março e o desafio final está marcado para dia 15 de Abril às 15h.

 

A entrada no recinto tem um custo de 15€, o que dá acesso à maioria das actividades e ao mercado, podendo ainda ser convertíveis em comida e bebida.

Marque já na sua agenda!

 

Site oficial: http://www.peixemlisboa.com/

Programa: http://www.peixemlisboa.com/pt/programa/

Bilheteira: http://www.peixemlisboa.com/pt/bilheteira

 

Roteiro Foodie | O Prego da Peixaria

16.03.15 | Os bloggers

O Prego da Peixaria, ainda não conhece? Hum... Não contamos a ninguém! Fica um segredo só nosso, mas não sabe o que anda a perder!

IMG_20150216_202553-2.jpgO menú

 

O primeiro restaurante "O Prego da Peixaria" abriu em Novembro de 2013, pelas mãos do mesmo grupo do Restauramte SEA ME - Peixaria Moderna, e desde então que o conceito de pregos nunca mais foi mesmo.

Existem três Pregos da Peixaria na cidade de Lisboa, o mais velho (Príncipe Real), o filho do meio (Mercado da Ribeira) e o caçula (Saldanha). E parece que a cegonha está prestes a chegar novamente... Alvalade será o filho mais novo!

 

Os espaços são modernos e cosmopolitas, com um toque rústico, conferindo um ambiente confortável, clean e descontraído.

A afluência é muita, o nosso conselho é que chegue cedinho e seguramente haverá uma mesa à sua espera.

 

Quanto à melhor parte, o menú, existem vários tipos de pregos à sua escolha, a maioria de carne do lombo e um de atúm dos Açores (DI-VI-NAL!). Mas como nem só de pregos vive o Homem (lema da casa), tem também à disposição uma Salada da Peixaria e os Burgers (salmão, camarão e bacalhau). Hum... A saliva já se produz... O "Burguer de Salmão em Caco de Tinta de Choco" é uma experiência gastronómica que não vai querer perder! E como um bom prego deve ser acompanhado por uma boa batatinha frita ("se é prá desgraça, é prá desgraça") pode escolher entre batata doce aos palitos ou batata às rodelas. E como uma sobremesa caí sempre bem, não deixe de provar o Arroz Doce Sem Invenções ou o Carpaccio de Maçã.

IMG_20150216_203609-2.jpg Batata frita e Batata doce frita

 

Aproveite a nossa sugestão, por cerca de 12 euros, terá uma refeição num espaço giro e conhecerá o melhor prego com que já se cruzou!

IMG_20150216_205836-2.jpgOs deliciosos molhos

 

Website: http://opregodapeixaria.com/PT/

Faceboo: https://www.facebook.com/pages/O-Prego-da-Peixaria/241309929376725

 

Roteiro Foodie | Festival da Lampreia em Montemor-o-Velho

13.03.15 | Os bloggers

E estão os caríssimos leitores a pensar onde jantar no fim-de-semana... Temos uma excelente sugestão!

Sem Título.pngO concelho de Montemor-o-Velho promove a 13ª edição do Festival do Arroz e da Lampreia, que abre portas hoje, dia 13 de Março e se prolonga até dia 22 de Março, no renovado espaço da Feira Quinzenal da Vila de Montemor-o-Velho.

 

A entrada no recinto do Festival é gratuita e a promessa de ter à mesa o melhor arroz carolino da região, com a melhor lampreia do Mondego, está mais do que garantida!

 

Para além do espaço destinado para a degustação da lampreia, o recinto contará também com um espaço infantil, zona de bares, feira de artesanato, venda de arroz e de produtos hortículas dos campos do Baixo Mondego e animação cultural relacionada com a temática do Festival. Os visitantes poderão pela primeira vez utilizar multibanco e haverá rede Wi-Fi na tenda do recinto.

 

Para quem não for apreciador de lampreia, há também um infindável número de pratos, quer de carne quer de peixe, igualmente saborosos!

Para sobremesa, são garantidos os doces regionais, como as Queijadas de Pereira, os famosos Pastéis de Tentúgal e Queijadas de Tentúgal, o arroz doce caseiro com arroz carolino dos campos do Baixo Mondego, as famosos espigas doces, entre outros.

 

Se ainda não lhe abrimos o apetite, mas se gosta de dar um "pezinho de dança", o evento conta todos os dias com animação protagonizada por grupos etnográficos do concelho e grupos de baile.

 

Se decidir vir mais cedo, o concelho conta com um vasto Património Histórico e umas paisagens deslumbrantes para desfrutar e relaxar.

 

DSC04004-2.jpg

O Castelo com o campo de arroz aos pés
 

DSC04019-2.jpg Campos de arroz

 

Não tem desculpa para faltar! Toca a planear o fim-de-semana!

 

Programa completo: http://issuu.com/cm_mv/docs/press_kit_fal_2015_corrigido_pdf_ac

 

 

 

Arco da Rua Augusta

12.03.15 | Os bloggers

Nestes dias de Sol, pode passear pelo praia, campo ou cidade... O importante é mesmo passear e estar ao ar livre! Depois do Inverno ininterrupto sabe muito bem aproveitar este Sol quase Primaveril!

 

A sugestão de hoje vai para um passeio pela cidade de Lisboa, nomeadamente pela Baixa Pombalina, muito concretamente subir ao Arco da Rua Augusta.

 

O magestoso e imponente Arco da Rua Augusta ganhou uma nova vida a 9 de Agosto de 2013. Após 7 meses de obras de recuperação, abriu-se literalmente ao público, podendo desde então ser visitado.

 

Pela módica quantia de 2,5 euros (grátis para crianças), entre as 9 e as 19h,  pode ter acesso a uma das melhores vistas de Lisboa, nuns fantásticos 360º.

 

A entrada faz-se pela cada vez mais animada Rua Augusta. Após aquirir o seu bilhete sobe num elevador até um piso intermédio, seguindo-se 30 dregraus que o levam até à Sala do Relógio. Nesta sala pode encontrar a maquinaria do relógio do arco e painéis onde são resumidos os principais momentos da história do arco, desde que começou a ser projectado, após o terramoto de 1755, até à sua conclusão em 1875. Sobe mais 40 degraus numa escadaria estreita em caracol e chega ao tão esperado miradouro. Sentirá uma lufada de ar fresco e desfrutará de uma vista magnífica e única da Baixa Pombalina, ladeada pelas suas colinas, Terreiro do Paço, Castelo de São Jorge, Sé de Lisboa, as ruínas do Convento do Carmo, o Elevador de Santa Justa, o sempre grandioso Tejo, a Ponte 25 de Abril, o Cristo Rei... Ainda no topo, e com o mesmo esplendor de outros tempos, é possível observar as esculturas de Célestin Anatole Calmels representando a Glória, coroando o Génio e o Valor.

 

ARA.jpg

E para os momentos de menos inspiração nacional, há que nunca esquecer a mensagem que o Arco em latim solenemente nos dita "Às Virtudes dos Maiores, para que sirva a todos de ensinamento, assinalando para a eternidade dos tempos a grandiosidade da alma portuguesa e das suas conquistas ao longos séculos".

Faça um visita ao Arco, a vista é inspiradora e deslumbrante!

 

Portugal Escondido - Forte do Abano

11.03.15 | Os bloggers

O Forte do Abano, também conhecido por Forte do Guincho ou Forte das Velas, localiza-se entre a Praia do Abano e a Praia do Guincho. Está muito perto de Cascais, Sintra e Lisboa, estrategicamente virado para o mar, perto de tudo, mas quase escondido... O que lhe confere uma magia especial!

DSC05480-1.jpgA entrada

 

Um caminho sinuoso de terra batida, conduz-nos a uma vista magnifica... História, praia, Sol, ondas, verde, mar... E Sintra como pano de fundo!

Satisfaz as delícias de muitos fotógrafos, quer para captar a essência da natureza, quer o brilho do pôr-do-sol.

 

DSC05528-1.jpg

 

DSC05516-1.jpg

 Pôr do sol no Forte do Abano

 

O Forte foi construído por volta do ano de 1642, durante o reinado de D. João IV, com o intuito de vigiar e proteger a costa, fazendo parte de um conjunto de fortalezas construídas para defesa da costa de Cascais.

Tem um formato rectangular, com um páteo central; a zona virada para terra servia de alojamento e a frente marítima albergava toda a artilharia necessária.

DSC05483-1.jpgO interior

 

Findadas as suas funções de defesa, durante o último século serviu de centro de apoio a campista e a desportos naúticos, havendo um projecto lançado pela Câmara de Cascais que visa transformar este monumento num centro de interpretação do Parque Natural de Sintra.

Actualmente encontra-se desocupado e a degradar-se, mas mesmo assim sem perder o charme característico de um edifício histórico imponente junto ao mar!

 

 

DSC05484-1.jpgAo final da tarde

 

DSC05489-1.jpgA praia do Guincho ao fundo

 

 

Pág. 1/2